LINHA DE
PESQUISA I

Nome da Linha de Pesquisa:
Propriedades físicas e microbiológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentais.
Área de concentração:
Odontologia. Descrição/caracterização: Caracterização, por meio de estudos com desenhos experimentais in vitro e in situ e in vivo, das propriedades físicas, químicas e biológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentárias, levando em consideração as demandas sociais e do mercado. Serão abordados temas relevantes das áreas de Prótese Dentária, Endodontia, Dentística, Ortodontia e Biomateriais. Um foco especial será tomado no desenvolvimento e avaliação de biomateriais provenientes de fontes renováveis e sintéticas com capacidades antimicrobianas, bioativas e terapêuticas. Estas características podem ser importantes para o desenvolvimento de novos monômeros e materiais nanoparticulados para aplicação em Protése Dentária, ou de materiais endodônticos com características antibacterianas e terapêuticas em relação ao tecido pulpar e periodontal, através de desenvolvimento de biomateriais odontológicos. Na área de Dentística, os efeitos de tratamentos estéticos e restauradores sobre os tecidos dentais duros serão também avaliados, com especial interesse na análise do potencial agressivo, mutagênico e danoso dos protocolos de clareamento dental, com vistas a proposição de outras substâncias terapêuticas que possam manter a efetividade, mas diminuir os danos causados por esta terapia. Em Ortodontia, o desenvolvimento terá foco em biomateriais com potencial antimicrobiano específico contra a formação de lesões cariosas, mas que ao mesmo tempo possam ser removidos facilmente, gerando menores danos à superfície do esmalte.

A) Avaliação de materiais antimicrobianos a serem aplicados em resinas acrílicas odontológicas.
B) Avaliação de biomateriais para endodontia regenerativa.
C) Avaliação de sistemas adesivos terapêuticos contendo substâncias bioativas.
D) Avaliação de produtos naturais aplicados em materiais odontológicos.
E) Avaliação de resinas compostas contendo diferentes biovidros.
F) Efeito do laser terapêutico na sensibilidade dental : estudo clínico. G) Avaliação clínica e laboratorial de materiais ortodônticos inovadores.

LINHA DE PESQUISA II

Nome da Linha de Pesquisa:
Terapêutica clínica aplicada. Área de concentração: Odontologia. Descrição/caracterização:
Estudos e pesquisas de fatores que podem influenciar os diferentes desfechos em Odontologia relacionados às condições individuais ou coletivas, clínicas e terapêuticas, identificando fatores de risco biológicos e não biológicos. Serão avaliadas e desenvolvidas ferramentas para obtenção de dados sobre técnicas ou terapias em Odontologia, por meio de estudos com desenhos descritivos/observacionais e experimentais. A terapêutica e avaliação de medicamentos sobre lesões e alterações orais, diagnosticadas por métodos inovadores, serão prioridade dentro desta linha de pesquisa. Além disso, a etiologia e técnica cirúrgica em situações de trauma maxilofacial serão sustentadas por diversos pesquisadores que já abordam esses temas nas publicações geradas nos últimos anos. Avaliações clínicas de materiais e técnicas restauradoras desenvolvidas também serão realizadas junto dos discentes do programa, a fim de avaliar os efeitos na durabilidade clínica de procedimentos adesivos.

A) Instrumentação endodôntica em ensaios clínicos randomizados.
B) Efeito do bisel na retenção de restaurações em lesões cervicais não cariosas: estudo clínico.
C) Perfil sociodemográfico de lesões no complexo bucomaxilofacial.
D) Avaliação de materiais dessensibilizantes aplicados antes da cimentação de laminados de cerâmica pura: ensaio clínico.
E) Ensaios clínicos randomizados de acompanhamento dos tratamentos endodônticos.
F) Avaliação do conhecimento dos cirurgiões dentistas com relação aos fatores de risco e diagnóstico do câncer de boca.
G) Estudo do potencial citotóxico e antitumoral de novos vitanolídeos.

CARROSSEL CIENTÍFICO

A Faculdade Paulo Picanço proporciona aos alunos de iniciação científica e extensão a oportunidade para a redação de artigos científicos de maneira supervisionada a partir de encontros mensais. Cada aluno da graduação escreve sobre um tema escolhido pelo orientador e tem por objetivo final a escrita de um artigo que deve ser submetido a uma revista científica ao final de um ano, tornando o aluno habilidoso e familiarizado com a escrita científica e, ao mesmo tempo, preparado para apresentar nos congressos e jornadas acadêmicas.

LiveZilla Live Chat Software