Mestrado Profissional

Mestrado Profissional

Mestrado Profissional

Excelência em educar

Porque fazer conosco?

Mestrado Profissional
em Clínica Odontológica

Focado no seu desenvolvimento profissional, o nosso Mestrado Profissional tem como objetivo o desenvolvimento de produtos por parte dos nossos alunos, enriquecendo o seu portfólio e o seu conhecimento teórico e prático dos aspectos mais avançados dos estudos odontológicos.

Status

Inscrições Abertas

Mestrado Profissional
em Clínica Odontológica

Focado no seu desenvolvimento profissional, o nosso Mestrado Profissional tem como objetivo o desenvolvimento de produtos por parte dos nossos alunos, enriquecendo o seu portfólio e o seu conhecimento teórico e prático dos aspectos mais avançados dos estudos odontológicos.

Status

Inscrições Abertas

Mestrado Profissional
em Clínica Odontológica

Focado no seu desenvolvimento profissional, o nosso Mestrado Profissional tem como objetivo o desenvolvimento de produtos por parte dos nossos alunos, enriquecendo o seu portfólio e o seu conhecimento teórico e prático dos aspectos mais avançados dos estudos odontológicos.

Status

Inscrições Abertas

Conheça nosso corpo docente. Clique aqui.

Conheça nosso corpo docente. Clique aqui.

Conheça nosso corpo docente. Clique aqui.

Mais informações

Telefone

85 98185.3222

E-mail

Horário

De segunda a sexta: das 8h às 18h

Sábado: das 8h às 12h

Atendimento presencial e telefônico

Mais informações

Telefone

85 98185.3222

E-mail

Horário

De segunda a sexta: das 8h às 18h

Sábado: das 8h às 12h

Atendimento presencial e telefônico

Mais informações

Telefone

85 98185.3222

E-mail

Horário

De segunda a sexta: das 8h às 18h

Sábado: das 8h às 12h

Atendimento presencial e telefônico

Destaques

Organograma

Prancheta 10@3x

Organograma

Prancheta-5@3x

Organograma

Prancheta-5@3x

Informações sobre o curso

A construção da área de concentração em Clínica Odontológica, com definições conceituais claras, bem como a consistência e unicidade da proposta do curso e, fundamentalmente, aderência à produção de seu corpo docente, expressa a vocação inicial da equipe de pesquisadores e indica claramente os contornos gerais da proposta e sua necessária articulação orgânica com as Linhas de Pesquisas, disciplinas e projetos de pesquisas.

O Programa está baseado na interação entre uma área predominantemente técnica e laboratorial com a sua aplicação clínica, ambas com vistas à criação e avaliação de novos biomateriais odontológicos com características inovadoras (antimicrobianas, bioativas e advindas de fontes renováveis). O grande desafio proposto neste Programa está baseado em sua relação com o mundo fora do ambiente acadêmico, relacionado ao comportamento clínico dos materiais odontológicos, através da realização de estudos com diferentes desenhos metodológicos. Pretende-se, através da formação de novos mestres, diminuir a dicotomia existente entre o conhecimento teórico e a prática, proporcionando uma dinâmica única, nova e que ofereça autonomia ao mestre formado, em especial para a produção do conhecimento de forma inovadora.

Assim, as duas Linhas de Pesquisa que suportam esse Programa visam proporcionar avanço técnico-científico e inovação valorizando a produção e a atividade de pesquisa no contexto de uma abordagem ampla das várias etapas da produção de biomateriais odontológicos que envolvem desde a síntese, caracterização e aplicação clínica e laboratorial, produzindo conhecimento acerca do comportamento dos biomateriais para a evolução da ciência e melhoria da saúde dos pacientes.

O desenvolvimento de novos materiais voltados para o uso em Odontologia, bem como a possibilidade de complementar a formação de profissionais para atuarem na prestação de consultoria junto às indústrias e/ou laboratórios de produção no desenvolvimento de biomateriais odontológicos. Destaca-se que sempre dois docentes participam estrategicamente em duas Linhas de Pesquisa, atuando conjuntamente em projetos e em disciplinas, visando à interrelação das Linhas de Pesquisa com os projetos de pesquisa e com as disciplinas do curso.

• Capacitar os ingressantes do serviço público e privado para o exercício da docência, da pesquisa e da investigação clínica, despertando uma visão crítico-reflexiva para formação de um egresso capaz de atuar em diferentes áreas do conhecimento;

• Oferecer um ambiente multidisciplinar, para a geração e troca de conhecimento, estimulando a formação de um egresso com capacidade de diálogo e aplicação do conhecimento em instituições, empresas e sociedade;

• Permitir com que o egresso possa ser capaz de produzir conhecimento fundamentado na caracterização e desenvolvimento de materiais odontológicos com propriedades físicas, químicas e biológicas inovadoras e relevantes para as demandas sociais da população.

Linha de Pesquisa I

Nome da Linha de Pesquisa: Propriedades físicas e microbiológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentais.

Área de concentração: Odontologia.

Descrição/caracterização: Caracterização, por meio de estudos com desenhos experimentais in vitro e in situ e in vivo, das propriedades físicas, químicas e biológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentárias, levando em consideração as demandas sociais e do mercado. Serão abordados temas relevantes das áreas de Prótese Dentária, Endodontia, Dentística, Ortodontia e Biomateriais. Um foco especial será tomado no desenvolvimento e avaliação de biomateriais provenientes de fontes renováveis e sintéticas com capacidades antimicrobianas, bioativas e terapêuticas. Estas características podem ser importantes para o desenvolvimento de novos monômeros e materiais nanoparticulados para aplicação em Protése Dentária, ou de materiais endodônticos com características antibacterianas e terapêuticas em relação ao tecido pulpar e periodontal, através de desenvolvimento de biomateriais odontológicos. Na área de Dentística, os efeitos de tratamentos estéticos e restauradores sobre os tecidos dentais duros serão também avaliados, com especial interesse na análise do potencial agressivo, mutagênico e danoso dos protocolos de clareamento dental, com vistas a proposição de outras substâncias terapêuticas que possam manter a efetividade, mas diminuir os danos causados por esta terapia. Em Ortodontia, o desenvolvimento terá foco em biomateriais com potencial antimicrobiano específico contra a formação de lesões cariosas, mas que ao mesmo tempo possam ser removidos facilmente, gerando menores danos à superfície do esmalte.

Linha de Pesquisa II

Nome da Linha de Pesquisa: Terapêutica clínica aplicada.

Área de concentração: Odontologia.

Descrição/caracterização: Estudos e pesquisas de fatores que podem influenciar os diferentes desfechos em Odontologia relacionados às condições individuais ou coletivas, clínicas e terapêuticas, identificando fatores de risco biológicos e não biológicos. Serão avaliadas e desenvolvidas ferramentas para obtenção de dados sobre técnicas ou terapias em Odontologia, por meio de estudos com desenhos descritivos/observacionais e experimentais. A terapêutica e avaliação de medicamentos sobre lesões e alterações orais, diagnosticadas por métodos inovadores, serão prioridade dentro desta linha de pesquisa. Além disso, a etiologia e técnica cirúrgica em situações de trauma maxilofacial serão sustentadas por diversos pesquisadores que já abordam esses temas nas publicações geradas nos últimos anos. Avaliações clínicas de materiais e técnicas restauradoras desenvolvidas também serão realizadas junto dos discentes do programa, a fim de avaliar os efeitos na durabilidade clínica de procedimentos adesivos.

Carrossel Científico

A Faculdade Paulo Picanço proporciona aos alunos de iniciação científica e extensão a oportunidade para a redação de artigos científicos de maneira supervisionada a partir de encontros mensais. Cada aluno da graduação escreve sobre um tema escolhido pelo orientador e tem por objetivo final a escrita de um artigo que deve ser submetido a uma revista científica ao final de um ano, tornando o aluno habilidoso e familiarizado com a escrita científica e, ao mesmo tempo, preparado para apresentar nos congressos e jornadas acadêmicas.

Disciplinas que sustentam as linhas (Obrigatórias)
Disciplinas Núcleo Comum ObrigatórioDidática do Ensino Superior e Estágio Docente.
Bioética e Ética em Pesquisa.
Metodologia Científica.
Fundamentos de Bioestatística e Epidemiologia.
Seminários Clínicos Interdisciplinares.
Conceitos avançados em Clínica Odontológica Integrada
Núcleo Linhas de PesquisaDisciplinas optativas (Por linha)
Propriedades físico-químicas e biológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentaisEnsaios Laboratoriais de Biomateriais.
Terapêutica Clínica
Biocompatibilidade e Citotoxicidade de Biomateriais

Terapêutica clínica aplicada

Terapêutica Clínica.
Propedêutica Cirúrgica.
Clínica Integrada 
Núcleo Optativas GeraisDisciplinas optativas (Gerais)
Manipulação e terapêutica de medicamentos e biomateriais em Odontologia
Fundamentos de inovação tecnológica e propriedade intelectual
Ensaios clínicos e Revisões sistemáticas
Redação científica

A proposta de criação do Mestrado Profissional surge no âmbito da graduação de bacharelado em Odontologia que iniciou suas atividades em maio de 2016 ofertado pela FACPP. O cenário atual exige o uso intensivo de tecnologias bem como profissionais altamente qualificados, demandando um número crescente de cirurgiões-dentistas que atuem na solução para novos problemas.

A proposta de Mestrado Profissional em Clínica Odontológica da FACPP tem como objetivo desenvolver atividades educacionais, investigativas e clínicas, visando à análise crítica, ao desenvolvimento de produtos, à inovação e à formação de recursos humanos qualificados. A relevância regional e estadual da proposta é, por tudo isso, uma etapa natural do compromisso da Instituição com o desenvolvimento do Ceará e da Odontologia brasileira. Pois a FACPP, desde a sua criação, busca a construção de um Núcleo de Educação de Excelência baseado em qualidade e diferenciais de mercado aos profissionais da área de Odontologia.

O programa de Mestrado Profissional da Faculdade Paulo Picanço foi aprovado de primeira pela CAPES/MEC e iniciou em 2019 com sua primeira turma. O curso visa proporcionar para a Odontologia um avanço técnico-científico e inovação, valorizando a produção e o desenvolvimento de materiais e produtos no contexto de uma abordagem ampla das várias etapas da produção de biomateriais odontológicos.

A Faculdade Paulo Picanço compreende a auto avaliação institucional como um processo contínuo e progressivo que contribui para a construção e/ou consolidação de uma cultura de avaliação na instituição, com a qual a comunidade interna se identifique e comprometa, sendo um importante caminho para a construção de um sistema de qualidade, de excelência educacional, em que a sociedade cearense seja sua beneficiária primeira.


Esse processo de auto avaliação se configura como uma filosofia e uma concepção pedagógica da IES, servindo como instrumento para uma gestão democrática e participativa, em sintonia com as necessidades da comunidade.
A auto avaliação institucional traz informações para a Faculdade Paulo Picanço, tanto pelo seu potencial de transformação qualitativa, de melhoramento pedagógico, de melhoria e eficiência na gestão, bem como de regulação.
Sendo um importante instrumento de gestão acadêmica e administrativa, fornece um olhar detalhado sobre as características organizacionais, sua missão, objetivos e metas, os serviços realizados, a responsabilidade social, os desempenhos do corpo docente, técnico administrativo e discente, sua infraestrutura física e tecnológica, suas fragilidades e potencialidades, assim como a própria percepção da sociedade sobre o papel social da Instituição.
Proporciona ainda, a criação de uma cultura da eficiência e da qualidade dos serviços prestados pela Instituição, tanto para o seu público interno quanto para o externo, pelo fato de colocar todos os atores em um processo de reflexão e autoconsciência.


A avaliação Institucional na Faculdade Paulo Picanço tem como objetivos específicos:

I. Impulsionar um processo contínuo e criativo de autocrítica da Instituição com vistas a garantir um alto padrão de qualidade enquanto instituição prestadora de serviços educacionais;

II. Diagnosticar como se efetivam e se relacionam o ensino, a pesquisa e a extensão;

III. Reformular e implementar novas políticas que estejam em consonância com o momento histórico respondendo às demandas sociais;

IV. Envolver todos os segmentos acadêmicos no processo avaliativo tendo-os como parceiros nas ações implementadas com vistas a um aperfeiçoamento contínuo;

V. Disseminar no âmbito da IES os propósitos da avaliação, tomando o cuidado para que todo o processo seja permeado pela transparência, flexibilidade e ética;

VI. Aperfeiçoar a visão crítica quanto aos aspectos teóricos, metodológicos e práticos da avaliação institucional;

VII. Criar procedimentos avaliativos apropriados ao contexto específico da Instituição;

VIII. Aprimorar a sensibilidade pessoal e profissional no exercício da avaliação;

IX. Buscar permanentemente a qualidade e a pertinência das atividades desenvolvidas, bem como o gerenciamento eficiente, ético e relevante dos recursos humanos e materiais, expressados em compromissos científicos e sociais;

X. Orientar a expansão da oferta dos cursos da IES;

XI. Buscar permanentemente a qualidade e a pertinência das atividades desenvolvidas, bem como o gerenciamento eficiente, ético e relevante dos recursos humanos e materiais, expressados em compromissos científicos e sociais;

XII. Aferir a contribuição, o impacto da IES com vistas ao desenvolvimento econômico e social da comunidade local e regional, que se beneficiará das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão desenvolvidas na Faculdade.

A autoavaliação institucional na Faculdade Paulo Picanço abrange todos os segmentos e deve ser um processo cíclico, de reflexão e autoconsciência institucional.


O hábito de manter a cultura de autoanalisar-se, faz com que a Faculdade Paulo Picanço aprimore os mecanismos que possam contribuir ao processo de oferta de cursos qualificados e serviços educacionais.


O relatório final da avaliação interna expressa os resultados do diagnóstico realizado através da análise das dimensões e dos instrumentos de pesquisa aplicados junto à comunidade acadêmica.


O Relatório contém uma análise, tecnicamente crítica, com ilustrações de tabelas, gráficos e indicadores, que facilitem seu entendimento, além de apresentar sugestões para ações de natureza administrativa, política, pedagógica e técnico-científica a serem implementadas.


A auto avaliação do Mestrado em Clínica Odontológica irá ocorrer de acordo com o Planejamento Estratégico, metas e o PDI Institucional, será realizada por meio de questionários eletrônicos, a serem respondidos pelos alunos regularmente matriculados e egressos do curso. Também, será realizada uma avaliação qualitativa por meio de reuniões com os setores envolvidos, laboratórios, Núcleo de Inovação Tecnológica, editora, biblioteca e técnicos.

Regulamento CPA

Programa de Acompanhamento Egresso

Nossos projetos e pesquisas em desenvolvem produtos que geram grande impacto social. Em uma das linhas de pesquisas estamos em parceria com a empresa MMTech (Smart Dent) na para o lançamentos de adesivos e resinas bioativos com grande potencial para melhorar os tratamentos odontológicos. Foram depositadas diversas patentes com potencial para transferência de tecnologia e melhoria da clinica odontológica nas áreas de Dentistica, Prótese, Odontopediatria, Endodontia Implantodontia.

 

Vídeos do Youtube

Dentcast 

Endocast 

• Curso em uma faculdade exclusiva de Odontologia;

• Laboratórios exclusivos para pesquisas na área odontológica;

• Clínicas em funcionamento para pesquisas envolvendo pacientes;

• Professores de diversas áreas de interesse para pesquisas;

• Comitê de Ética eficaz na instituição;

• Equipamentos para Pesquisa clinicas : Aquacut, EASYSHADE, Scanner Intraoral ,CAD – CAM e Impressora 3D.;

• Equipamentos para Pesquisa clinicas Laboratoriais: EMIC-INSTRON, duas cortadeiras metalógraficas , UV- Vis, Tomógrafo e Centrifuga de PRF .

As políticas de internacionalização visam estabelecer uma relação com a comunidade, por meio da aplicabilidade de conhecimentos científicos produzidos na academia e, em contrapartida, possibilita uma parceria em prol de seu desenvolvimento.


A internacionalização é um processo de conhecimentos científicos produzidos na academia brasileira e na comunidade acadêmica internacional. Esse processo permite que estudos e pesquisas sejam planejadas, executadas e compartilhadas em escala global, conferindo uma sinergia científico-pedagógica ímpar e que oportunize o contato com polos universitários mundiais.


A Internacionalização da FACPP é um mecanismo que permeia e abrange todos os Cursos de Graduação e Pós-graduação. Assim, a FACPP valoriza a internacionalidade como pilar fundamental, e isto fica retratado nas políticas integrantes do seu Plano de Desenvolvimento Institucional:


• Divulgar oportunidades internacionais para a comunidade acadêmica;
• Oportunizar experiências educacionais e científicas internacionais;
• Permitir interdisciplinaridade, entre contextos universitários estrangeiros;
• Proporcionar troca de experiências culturais;
• Oportunizar a aquisição de idioma estrangeiro;
• Fortalecer a estrutura de atração, acolhimento e acompanhamento de estudantes e professores estrangeiros na IES;
• Fortalecer as conexões da IES com instituições internacionais, de modo a viabilizar o acolhimento e o acompanhamento da comunidade acadêmica em vivências internacionais;
• Estimular experiências internacionais de alto impacto para o desenvolvimento acadêmico e profissional da comunidade interna da IES;
• Apoiar iniciativas de compartilhamento de eventos internacionais, oportunizando a participação da comunidade local;
• Fomentar a capacitação técnica e metodológica do corpo docente através de experiências de internacionalização, com e sem mobilidade.


A FACPP possui acordos de cooperação e intercâmbio e atua em colaboração com instituições nacionais e internacionais a fim de promover atividade de ensino, pesquisa e extensão, promovendo o avanço da ciência e da formação dos recursos humanos na área de Odontologia.
Fundamentalmente, as ações de cooperação institucional e intercâmbio viabilizaram-se a partir dos seguintes formatos: participação sistemática de professores pesquisadores em projetos de pesquisa de instituições parceiras nacionais e internacionais, que resulta em produção científica mais qualificada e de maior impacto do corpo docente; participação em eventos científicos relevantes; participação como avaliadores de periódicos indexados e com alto fator de impacto e; através de cooperação interinstitucional para participação nos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu.


Atualmente, a instituição oferta cursos de Pós-Graduação nas áreas de Ortodontia, Endodontia, Prótese Dentária, Implantodontia, Dentística e Cirurgia Bucomaxilofacial, o que possibilita aos docentes permanentes desenvolverem atividades nesses cursos e receberem docentes de outras instituições, o que fomenta a parceria e a cooperação acadêmica. Isso propicia, além da experiência em ensino em outros níveis que não somente a graduação, a realização de atividades nas Linhas de Pesquisa em que atuam, a experiência em orientação de trabalhos de conclusão de pós-graduação, atividades essas que já geraram algumas publicações nacionais e internacionais. Este processo de interlocução com centros nacionais e internacionais ocorre também pelos docentes permanentes que, em grande parte, são oriundos de Programas de Pós-Graduação bem-conceituados, e parte deles com formação acadêmica a nível de Pós-Doutorado.


A FACPP, como previamente mencionado, tem uma parceria denominada Pós-graduação Sem Fronteiras com a Tweed Foundation (Tucson, Arizona, EUA), desde 2011. Esta parceria visa facilitar que os discentes e egressos dos cursos Lato Sensu possam ter um intercâmbio junto a uma instituição que oferece cursos de alto nível e de técnica reconhecida mundialmente na área de Ortodontia.

Em destaque o convênio com as Universidades de Évora em Portugal e San Francisco de Quito no Equador. A FACPP dispõe de parcerias internacionais com Universidade de Manchester, Okayama University Hospital, Universidad Ceu-Cardenal Herrera, Oregon Health and Science University e King’s College London Dental Institute.

Regulamento Internacionalização

Área de concentração: Clínica Odontológica

A construção da área de concentração em Clínica Odontológica, com definições conceituais claras, bem como a consistência e unicidade da proposta do curso e, fundamentalmente, aderência à produção de seu corpo docente, expressa a vocação inicial da equipe de pesquisadores e indica claramente os contornos gerais da proposta e sua necessária articulação orgânica com as Linhas de Pesquisas, disciplinas e projetos de pesquisas.

O Programa está baseado na interação entre uma área predominantemente técnica e laboratorial com a sua aplicação clínica, ambas com vistas à criação e avaliação de novos biomateriais odontológicos com características inovadoras (antimicrobianas, bioativas e advindas de fontes renováveis). O grande desafio proposto neste Programa está baseado em sua relação com o mundo fora do ambiente acadêmico, relacionado ao comportamento clínico dos materiais odontológicos, através da realização de estudos com diferentes desenhos metodológicos. Pretende-se, através da formação de novos mestres, diminuir a dicotomia existente entre o conhecimento teórico e a prática, proporcionando uma dinâmica única, nova e que ofereça autonomia ao mestre formado, em especial para a produção do conhecimento de forma inovadora.

 

Assim, as duas Linhas de Pesquisa que suportam esse Programa visam proporcionar avanço técnico-científico e inovação valorizando a produção e a atividade de pesquisa no contexto de uma abordagem ampla das várias etapas da produção de biomateriais odontológicos que envolvem desde a síntese, caracterização e aplicação clínica e laboratorial, produzindo conhecimento acerca do comportamento dos biomateriais para a evolução da ciência e melhoria da saúde dos pacientes.

 

O desenvolvimento de novos materiais voltados para o uso em Odontologia, bem como a possibilidade de complementar a formação de profissionais para atuarem na prestação de consultoria junto às indústrias e/ou laboratórios de produção no desenvolvimento de biomateriais odontológicos. Destaca-se que sempre dois docentes participam estrategicamente em duas Linhas de Pesquisa, atuando conjuntamente em projetos e em disciplinas, visando à interrelação das Linhas de Pesquisa com os projetos de pesquisa e com as disciplinas do curso.

Objetivos do Curso

• Capacitar os ingressantes do serviço público e privado para o exercício da docência, da pesquisa e da investigação clínica, despertando uma visão crítico-reflexiva para formação de um egresso capaz de atuar em diferentes áreas do conhecimento;

 

• Oferecer um ambiente multidisciplinar, para a geração e troca de conhecimento, estimulando a formação de um egresso com capacidade de diálogo e aplicação do conhecimento em instituições, empresas e sociedade;

 

• Permitir com que o egresso possa ser capaz de produzir conhecimento fundamentado na caracterização e desenvolvimento de materiais odontológicos com propriedades físicas, químicas e biológicas inovadoras e relevantes para as demandas sociais da população.

Linhas de Pesquisa

Linha de Pesquisa I

Nome da Linha de Pesquisa: Propriedades físicas e microbiológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentais.

Área de concentração: Odontologia.

Descrição/caracterização: Caracterização, por meio de estudos com desenhos experimentais in vitro e in situ e in vivo, das propriedades físicas, químicas e biológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentárias, levando em consideração as demandas sociais e do mercado. Serão abordados temas relevantes das áreas de Prótese Dentária, Endodontia, Dentística, Ortodontia e Biomateriais. Um foco especial será tomado no desenvolvimento e avaliação de biomateriais provenientes de fontes renováveis e sintéticas com capacidades antimicrobianas, bioativas e terapêuticas. Estas características podem ser importantes para o desenvolvimento de novos monômeros e materiais nanoparticulados para aplicação em Protése Dentária, ou de materiais endodônticos com características antibacterianas e terapêuticas em relação ao tecido pulpar e periodontal, através de desenvolvimento de biomateriais odontológicos. Na área de Dentística, os efeitos de tratamentos estéticos e restauradores sobre os tecidos dentais duros serão também avaliados, com especial interesse na análise do potencial agressivo, mutagênico e danoso dos protocolos de clareamento dental, com vistas a proposição de outras substâncias terapêuticas que possam manter a efetividade, mas diminuir os danos causados por esta terapia. Em Ortodontia, o desenvolvimento terá foco em biomateriais com potencial antimicrobiano específico contra a formação de lesões cariosas, mas que ao mesmo tempo possam ser removidos facilmente, gerando menores danos à superfície do esmalte.

Linha de Pesquisa II

Nome da Linha de Pesquisa: Terapêutica clínica aplicada.

Área de concentração: Odontologia.

Descrição/caracterização: Estudos e pesquisas de fatores que podem influenciar os diferentes desfechos em Odontologia relacionados às condições individuais ou coletivas, clínicas e terapêuticas, identificando fatores de risco biológicos e não biológicos. Serão avaliadas e desenvolvidas ferramentas para obtenção de dados sobre técnicas ou terapias em Odontologia, por meio de estudos com desenhos descritivos/observacionais e experimentais. A terapêutica e avaliação de medicamentos sobre lesões e alterações orais, diagnosticadas por métodos inovadores, serão prioridade dentro desta linha de pesquisa. Além disso, a etiologia e técnica cirúrgica em situações de trauma maxilofacial serão sustentadas por diversos pesquisadores que já abordam esses temas nas publicações geradas nos últimos anos. Avaliações clínicas de materiais e técnicas restauradoras desenvolvidas também serão realizadas junto dos discentes do programa, a fim de avaliar os efeitos na durabilidade clínica de procedimentos adesivos.

Carrossel Científico

A Faculdade Paulo Picanço proporciona aos alunos de iniciação científica e extensão a oportunidade para a redação de artigos científicos de maneira supervisionada a partir de encontros mensais. Cada aluno da graduação escreve sobre um tema escolhido pelo orientador e tem por objetivo final a escrita de um artigo que deve ser submetido a uma revista científica ao final de um ano, tornando o aluno habilidoso e familiarizado com a escrita científica e, ao mesmo tempo, preparado para apresentar nos congressos e jornadas acadêmicas.

Programa do Curso
Disciplinas que sustentam as linhas (Obrigatórias)
Disciplinas Núcleo Comum ObrigatórioDidática do Ensino Superior e Estágio Docente.
Bioética e Ética em Pesquisa.
Metodologia Científica.
Fundamentos de Bioestatística e Epidemiologia.
Seminários Clínicos Interdisciplinares.
Conceitos avançados em Clínica Odontológica Integrada
Núcleo Linhas de PesquisaDisciplinas optativas (Por linha)
Propriedades físico-químicas e biológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentaisEnsaios Laboratoriais de Biomateriais.
Terapêutica Clínica
Biocompatibilidade e Citotoxicidade de Biomateriais

Terapêutica clínica aplicada

Terapêutica Clínica.
Propedêutica Cirúrgica.
Clínica Integrada 
Núcleo Optativas GeraisDisciplinas optativas (Gerais)
Manipulação e terapêutica de medicamentos e biomateriais em Odontologia
Fundamentos de inovação tecnológica e propriedade intelectual
Ensaios clínicos e Revisões sistemáticas
Redação científica
Histórico

A proposta de criação do Mestrado Profissional surge no âmbito da graduação de bacharelado em Odontologia que iniciou suas atividades em maio de 2016 ofertado pela FACPP. O cenário atual exige o uso intensivo de tecnologias bem como profissionais altamente qualificados, demandando um número crescente de cirurgiões-dentistas que atuem na solução para novos problemas.

 

A proposta de Mestrado Profissional em Clínica Odontológica da FACPP tem como objetivo desenvolver atividades educacionais, investigativas e clínicas, visando à análise crítica, ao desenvolvimento de produtos, à inovação e à formação de recursos humanos qualificados. A relevância regional e estadual da proposta é, por tudo isso, uma etapa natural do compromisso da Instituição com o desenvolvimento do Ceará e da Odontologia brasileira. Pois a FACPP, desde a sua criação, busca a construção de um Núcleo de Educação de Excelência baseado em qualidade e diferenciais de mercado aos profissionais da área de Odontologia.

 

O programa de Mestrado Profissional da Faculdade Paulo Picanço foi aprovado de primeira pela CAPES/MEC e iniciou em 2019 com sua primeira turma. O curso visa proporcionar para a Odontologia um avanço técnico-científico e inovação, valorizando a produção e o desenvolvimento de materiais e produtos no contexto de uma abordagem ampla das várias etapas da produção de biomateriais odontológicos.

Autoavaliação do Programa

A Faculdade Paulo Picanço compreende a auto avaliação institucional como um processo contínuo e progressivo que contribui para a construção e/ou consolidação de uma cultura de avaliação na instituição, com a qual a comunidade interna se identifique e comprometa, sendo um importante caminho para a construção de um sistema de qualidade, de excelência educacional, em que a sociedade cearense seja sua beneficiária primeira.


Esse processo de auto avaliação se configura como uma filosofia e uma concepção pedagógica da IES, servindo como instrumento para uma gestão democrática e participativa, em sintonia com as necessidades da comunidade.
A auto avaliação institucional traz informações para a Faculdade Paulo Picanço, tanto pelo seu potencial de transformação qualitativa, de melhoramento pedagógico, de melhoria e eficiência na gestão, bem como de regulação.
Sendo um importante instrumento de gestão acadêmica e administrativa, fornece um olhar detalhado sobre as características organizacionais, sua missão, objetivos e metas, os serviços realizados, a responsabilidade social, os desempenhos do corpo docente, técnico administrativo e discente, sua infraestrutura física e tecnológica, suas fragilidades e potencialidades, assim como a própria percepção da sociedade sobre o papel social da Instituição.


Proporciona ainda, a criação de uma cultura da eficiência e da qualidade dos serviços prestados pela Instituição, tanto para o seu público interno quanto para o externo, pelo fato de colocar todos os atores em um processo de reflexão e autoconsciência.


A avaliação Institucional na Faculdade Paulo Picanço tem como objetivos específicos:

I. Impulsionar um processo contínuo e criativo de autocrítica da Instituição com vistas a garantir um alto padrão de qualidade enquanto instituição prestadora de serviços educacionais;

II. Diagnosticar como se efetivam e se relacionam o ensino, a pesquisa e a extensão;

III. Reformular e implementar novas políticas que estejam em consonância com o momento histórico respondendo às demandas sociais;

IV. Envolver todos os segmentos acadêmicos no processo avaliativo tendo-os como parceiros nas ações implementadas com vistas a um aperfeiçoamento contínuo;

V. Disseminar no âmbito da IES os propósitos da avaliação, tomando o cuidado para que todo o processo seja permeado pela transparência, flexibilidade e ética;

VI. Aperfeiçoar a visão crítica quanto aos aspectos teóricos, metodológicos e práticos da avaliação institucional;

VII. Criar procedimentos avaliativos apropriados ao contexto específico da Instituição;

VIII. Aprimorar a sensibilidade pessoal e profissional no exercício da avaliação;

IX. Buscar permanentemente a qualidade e a pertinência das atividades desenvolvidas, bem como o gerenciamento eficiente, ético e relevante dos recursos humanos e materiais, expressados em compromissos científicos e sociais;

X. Orientar a expansão da oferta dos cursos da IES;

XI. Buscar permanentemente a qualidade e a pertinência das atividades desenvolvidas, bem como o gerenciamento eficiente, ético e relevante dos recursos humanos e materiais, expressados em compromissos científicos e sociais;

XII. Aferir a contribuição, o impacto da IES com vistas ao desenvolvimento econômico e social da comunidade local e regional, que se beneficiará das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão desenvolvidas na Faculdade.

A autoavaliação institucional na Faculdade Paulo Picanço abrange todos os segmentos e deve ser um processo cíclico, de reflexão e autoconsciência institucional.


O hábito de manter a cultura de autoanalisar-se, faz com que a Faculdade Paulo Picanço aprimore os mecanismos que possam contribuir ao processo de oferta de cursos qualificados e serviços educacionais.


O relatório final da avaliação interna expressa os resultados do diagnóstico realizado através da análise das dimensões e dos instrumentos de pesquisa aplicados junto à comunidade acadêmica.


O Relatório contém uma análise, tecnicamente crítica, com ilustrações de tabelas, gráficos e indicadores, que facilitem seu entendimento, além de apresentar sugestões para ações de natureza administrativa, política, pedagógica e técnico-científica a serem implementadas.


A auto avaliação do Mestrado em Clínica Odontológica irá ocorrer de acordo com o Planejamento Estratégico, metas e o PDI Institucional, será realizada por meio de questionários eletrônicos, a serem respondidos pelos alunos regularmente matriculados e egressos do curso. Também, será realizada uma avaliação qualitativa por meio de reuniões com os setores envolvidos, laboratórios, Núcleo de Inovação Tecnológica, editora, biblioteca e técnicos.

Regulamento CPA

Programa de Acompanhamento Egresso

Participação do programa em eventos
Nossas pesquisas mais próximas de você

Nossos projetos e pesquisas em desenvolvem produtos que geram grande impacto social. Em uma das linhas de pesquisas estamos em parceria com a empresa MMTech (Smart Dent) na para o lançamentos de adesivos e resinas bioativos com grande potencial para melhorar os tratamentos odontológicos. Foram depositadas diversas patentes com potencial para transferência de tecnologia e melhoria da clinica odontológica nas áreas de Dentistica, Prótese, Odontopediatria, Endodontia Implantodontia.

 

Vídeos do Youtube

Dentcast 

Endocast 

Nossos diferenciais

• Curso em uma faculdade exclusiva de Odontologia;

• Laboratórios exclusivos para pesquisas na área odontológica;

• Clínicas em funcionamento para pesquisas envolvendo pacientes;

• Professores de diversas áreas de interesse para pesquisas;

• Comitê de Ética eficaz na instituição;

• Equipamentos para Pesquisa clinicas : Aquacut, EASYSHADE, Scanner Intraoral ,CAD – CAM e Impressora 3D.;

• Equipamentos para Pesquisa clinicas Laboratoriais: EMIC-INSTRON, duas cortadeiras metalógraficas , UV- Vis, Tomógrafo e Centrifuga de PRF.

Internacionalização do Programa
  • As políticas de internacionalização visam estabelecer uma relação com a comunidade, por meio da aplicabilidade de conhecimentos científicos produzidos na academia e, em contrapartida, possibilita uma parceria em prol de seu desenvolvimento.


    A internacionalização é um processo de conhecimentos científicos produzidos na academia brasileira e na comunidade acadêmica internacional. Esse processo permite que estudos e pesquisas sejam planejadas, executadas e compartilhadas em escala global, conferindo uma sinergia científico-pedagógica ímpar e que oportunize o contato com polos universitários mundiais.


    A Internacionalização da FACPP é um mecanismo que permeia e abrange todos os Cursos de Graduação e Pós-graduação. Assim, a FACPP valoriza a internacionalidade como pilar fundamental, e isto fica retratado nas políticas integrantes do seu Plano de Desenvolvimento Institucional:


    • Divulgar oportunidades internacionais para a comunidade acadêmica;
    • Oportunizar experiências educacionais e científicas internacionais;
    • Permitir interdisciplinaridade, entre contextos universitários estrangeiros;
    • Proporcionar troca de experiências culturais;
    • Oportunizar a aquisição de idioma estrangeiro;
    • Fortalecer a estrutura de atração, acolhimento e acompanhamento de estudantes e professores estrangeiros na IES;
    • Fortalecer as conexões da IES com instituições internacionais, de modo a viabilizar o acolhimento e o acompanhamento da comunidade acadêmica em vivências internacionais;
    • Estimular experiências internacionais de alto impacto para o desenvolvimento acadêmico e profissional da comunidade interna da IES;
    • Apoiar iniciativas de compartilhamento de eventos internacionais, oportunizando a participação da comunidade local;
    • Fomentar a capacitação técnica e metodológica do corpo docente através de experiências de internacionalização, com e sem mobilidade.


    A FACPP possui acordos de cooperação e intercâmbio e atua em colaboração com instituições nacionais e internacionais a fim de promover atividade de ensino, pesquisa e extensão, promovendo o avanço da ciência e da formação dos recursos humanos na área de Odontologia.
    Fundamentalmente, as ações de cooperação institucional e intercâmbio viabilizaram-se a partir dos seguintes formatos: participação sistemática de professores pesquisadores em projetos de pesquisa de instituições parceiras nacionais e internacionais, que resulta em produção científica mais qualificada e de maior impacto do corpo docente; participação em eventos científicos relevantes; participação como avaliadores de periódicos indexados e com alto fator de impacto e; através de cooperação interinstitucional para participação nos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu.


    Atualmente, a instituição oferta cursos de Pós-Graduação nas áreas de Ortodontia, Endodontia, Prótese Dentária, Implantodontia, Dentística e Cirurgia Bucomaxilofacial, o que possibilita aos docentes permanentes desenvolverem atividades nesses cursos e receberem docentes de outras instituições, o que fomenta a parceria e a cooperação acadêmica. Isso propicia, além da experiência em ensino em outros níveis que não somente a graduação, a realização de atividades nas Linhas de Pesquisa em que atuam, a experiência em orientação de trabalhos de conclusão de pós-graduação, atividades essas que já geraram algumas publicações nacionais e internacionais. Este processo de interlocução com centros nacionais e internacionais ocorre também pelos docentes permanentes que, em grande parte, são oriundos de Programas de Pós-Graduação bem-conceituados, e parte deles com formação acadêmica a nível de Pós-Doutorado.


    A FACPP, como previamente mencionado, tem uma parceria denominada Pós-graduação Sem Fronteiras com a Tweed Foundation (Tucson, Arizona, EUA), desde 2011. Esta parceria visa facilitar que os discentes e egressos dos cursos Lato Sensu possam ter um intercâmbio junto a uma instituição que oferece cursos de alto nível e de técnica reconhecida mundialmente na área de Ortodontia.

    Em destaque o convênio com as Universidades de Évora em Portugal e San Francisco de Quito no Equador. A FACPP dispõe de parcerias internacionais com Universidade de Manchester, Okayama University Hospital, Universidad Ceu-Cardenal Herrera, Oregon Health and Science University e King’s College London Dental Institute.

    Regulamento Internacionalização

A construção da área de concentração em Clínica Odontológica, com definições conceituais claras, bem como a consistência e unicidade da proposta do curso e, fundamentalmente, aderência à produção de seu corpo docente, expressa a vocação inicial da equipe de pesquisadores e indica claramente os contornos gerais da proposta e sua necessária articulação orgânica com as Linhas de Pesquisas, disciplinas e projetos de pesquisas.

    O Programa está baseado na interação entre uma área predominantemente técnica e laboratorial com a sua aplicação clínica, ambas com vistas à criação e avaliação de novos biomateriais odontológicos com características inovadoras (antimicrobianas, bioativas e advindas de fontes renováveis). O grande desafio proposto neste Programa está baseado em sua relação com o mundo fora do ambiente acadêmico, relacionado ao comportamento clínico dos materiais odontológicos, através da realização de estudos com diferentes desenhos metodológicos. Pretende-se, através da formação de novos mestres, diminuir a dicotomia existente entre o conhecimento teórico e a prática, proporcionando uma dinâmica única, nova e que ofereça autonomia ao mestre formado, em especial para a produção do conhecimento de forma inovadora.

    Assim, as duas Linhas de Pesquisa que suportam esse Programa visam proporcionar avanço técnico-científico e inovação valorizando a produção e a atividade de pesquisa no contexto de uma abordagem ampla das várias etapas da produção de biomateriais odontológicos que envolvem desde a síntese, caracterização e aplicação clínica e laboratorial, produzindo conhecimento acerca do comportamento dos biomateriais para a evolução da ciência e melhoria da saúde dos pacientes.

    O desenvolvimento de novos materiais voltados para o uso em Odontologia, bem como a possibilidade de complementar a formação de profissionais para atuarem na prestação de consultoria junto às indústrias e/ou laboratórios de produção no desenvolvimento de biomateriais odontológicos. Destaca-se que sempre dois docentes participam estrategicamente em duas Linhas de Pesquisa, atuando conjuntamente em projetos e em disciplinas, visando à interrelação das Linhas de Pesquisa com os projetos de pesquisa e com as disciplinas do curso.

 

  • Capacitar os ingressantes do serviço público e privado para o exercício da docência, da pesquisa e da investigação clínica, despertando uma visão crítico-reflexiva para formação de um egresso capaz de atuar em diferentes áreas do conhecimento;
  • Oferecer um ambiente multidisciplinar, para a geração e troca de conhecimento, estimulando a formação de um egresso com capacidade de diálogo e aplicação do conhecimento em instituições, empresas e sociedade;
  • Permitir com que o egresso possa ser capaz de produzir conhecimento fundamentado na caracterização e desenvolvimento de materiais odontológicos com propriedades físicas, químicas e biológicas inovadoras e relevantes para as demandas sociais da população.

LINHA DE PESQUISA I

Nome da Linha de Pesquisa: Propriedades físicas e microbiológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentais.

Área de concentração: Odontologia.

Descrição/caracterização: Caracterização, por meio de estudos com desenhos experimentais in vitro e in situ e in vivo, das propriedades físicas, químicas e biológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentárias, levando em consideração as demandas sociais e do mercado. Serão abordados temas relevantes das áreas de Prótese Dentária, Endodontia, Dentística, Ortodontia e Biomateriais. Um foco especial será tomado no desenvolvimento e avaliação de biomateriais provenientes de fontes renováveis e sintéticas com capacidades antimicrobianas, bioativas e terapêuticas. Estas características podem ser importantes para o desenvolvimento de novos monômeros e materiais nanoparticulados para aplicação em Protése Dentária, ou de materiais endodônticos com características antibacterianas e terapêuticas em relação ao tecido pulpar e periodontal, através de desenvolvimento de biomateriais odontológicos. Na área de Dentística, os efeitos de tratamentos estéticos e restauradores sobre os tecidos dentais duros serão também avaliados, com especial interesse na análise do potencial agressivo, mutagênico e danoso dos protocolos de clareamento dental, com vistas a proposição de outras substâncias terapêuticas que possam manter a efetividade, mas diminuir os danos causados por esta terapia. Em Ortodontia, o desenvolvimento terá foco em biomateriais com potencial antimicrobiano específico contra a formação de lesões cariosas, mas que ao mesmo tempo possam ser removidos facilmente, gerando menores danos à superfície do esmalte.

LINHA DE PESQUISA II

Nome da Linha de Pesquisa: Terapêutica clínica aplicada.

Área de concentração: Odontologia.

Descrição/caracterização: Estudos e pesquisas de fatores que podem influenciar os diferentes desfechos em Odontologia relacionados às condições individuais ou coletivas, clínicas e terapêuticas, identificando fatores de risco biológicos e não biológicos. Serão avaliadas e desenvolvidas ferramentas para obtenção de dados sobre técnicas ou terapias em Odontologia, por meio de estudos com desenhos descritivos/observacionais e experimentais. A terapêutica e avaliação de medicamentos sobre lesões e alterações orais, diagnosticadas por métodos inovadores, serão prioridade dentro desta linha de pesquisa. Além disso, a etiologia e técnica cirúrgica em situações de trauma maxilofacial serão sustentadas por diversos pesquisadores que já abordam esses temas nas publicações geradas nos últimos anos. Avaliações clínicas de materiais e técnicas restauradoras desenvolvidas também serão realizadas junto dos discentes do programa, a fim de avaliar os efeitos na durabilidade clínica de procedimentos adesivos.

CARROSSEL CIENTÍFICO

A Faculdade Paulo Picanço proporciona aos alunos de iniciação científica e extensão a oportunidade para a redação de artigos científicos de maneira supervisionada a partir de encontros mensais. Cada aluno da graduação escreve sobre um tema escolhido pelo orientador e tem por objetivo final a escrita de um artigo que deve ser submetido a uma revista científica ao final de um ano, tornando o aluno habilidoso e familiarizado com a escrita científica e, ao mesmo tempo, preparado para apresentar nos congressos e jornadas acadêmicas.

Disciplinas que sustentam as linhas (OBRIGATÓRIAS)
Disciplinas Núcleo Comum ObrigatórioDidática do Ensino Superior e Estágio Docente.
Bioética e Ética em Pesquisa.
Metodologia Científica.
Fundamentos de Bioestatística e Epidemiologia.
Seminários Clínicos Interdisciplinares.
Conceitos avançados em Clínica Odontológica Integrada
Núcleo Linhas de PesquisaDisciplinas optativas (POR LINHA)
Propriedades físico-químicas e biológicas dos materiais odontológicos e estruturas dentaisEnsaios Laboratoriais de Biomateriais.
Terapêutica Clínica
Biocompatibilidade e Citotoxicidade de Biomateriais

Terapêutica clínica aplicada

Terapêutica Clínica.
Propedêutica Cirúrgica.
Clínica Integrada 
Núcleo Optativas GeraisDisciplinas optativas (GERAIS)
Manipulação e terapêutica de medicamentos e biomateriais em Odontologia
Fundamentos de inovação tecnológica e propriedade intelectual
Ensaios clínicos e Revisões sistemáticas
Redação científica

A proposta de criação do Mestrado Profissional surge no âmbito da graduação de bacharelado em Odontologia que iniciou suas atividades em maio de 2016 ofertado pela FACPP. O cenário atual exige o uso intensivo de tecnologias bem como profissionais altamente qualificados, demandando um número crescente de cirurgiões-dentistas que atuem na solução para novos problemas.

A proposta de Mestrado Profissional em Clínica Odontológica da FACPP tem como objetivo desenvolver atividades educacionais, investigativas e clínicas, visando à análise crítica, ao desenvolvimento de produtos, à inovação e à formação de recursos humanos qualificados. A relevância regional e estadual da proposta é, por tudo isso, uma etapa natural do compromisso da Instituição com o desenvolvimento do Ceará e da Odontologia brasileira. Pois a FACPP, desde a sua criação, busca a construção de um Núcleo de Educação de Excelência baseado em qualidade e diferenciais de mercado aos profissionais da área de Odontologia.

O programa de Mestrado Profissional da Faculdade Paulo Picanço foi aprovado de primeira pela CAPES/MEC e iniciou em 2019 com sua primeira turma. O curso visa proporcionar para a Odontologia um avanço técnico-científico e inovação, valorizando a produção e o desenvolvimento de materiais e produtos no contexto de uma abordagem ampla das várias etapas da produção de biomateriais odontológicos.

A Faculdade Paulo Picanço compreende a auto avaliação institucional como um processo contínuo e progressivo que contribui para a construção e/ou consolidação de uma cultura de avaliação na instituição, com a qual a comunidade interna se identifique e comprometa, sendo um importante caminho para a construção de um sistema de qualidade, de excelência educacional, em que a sociedade cearense seja sua beneficiária primeira.
Esse processo de auto avaliação se configura como uma filosofia e uma concepção pedagógica da IES, servindo como instrumento para uma gestão democrática e participativa, em sintonia com as necessidades da comunidade.
A auto avaliação institucional traz informações para a Faculdade Paulo Picanço, tanto pelo seu potencial de transformação qualitativa, de melhoramento pedagógico, de melhoria e eficiência na gestão, bem como de regulação.
Sendo um importante instrumento de gestão acadêmica e administrativa, fornece um olhar detalhado sobre as características organizacionais, sua missão, objetivos e metas, os serviços realizados, a responsabilidade social, os desempenhos do corpo docente, técnico administrativo e discente, sua infraestrutura física e tecnológica, suas fragilidades e potencialidades, assim como a própria percepção da sociedade sobre o papel social da Instituição.
Proporciona ainda, a criação de uma cultura da eficiência e da qualidade dos serviços prestados pela Instituição, tanto para o seu público interno quanto para o externo, pelo fato de colocar todos os atores em um processo de reflexão e autoconsciência.
A avaliação Institucional na Faculdade Paulo Picanço tem como objetivos específicos:

I. Impulsionar um processo contínuo e criativo de autocrítica da Instituição com vistas a garantir um alto padrão de qualidade enquanto instituição prestadora de serviços educacionais;

II. Diagnosticar como se efetivam e se relacionam o ensino, a pesquisa e a extensão;

III. Reformular e implementar novas políticas que estejam em consonância com o momento histórico respondendo às demandas sociais;

IV. Envolver todos os segmentos acadêmicos no processo avaliativo tendo-os como parceiros nas ações implementadas com vistas a um aperfeiçoamento contínuo;

V. Disseminar no âmbito da IES os propósitos da avaliação, tomando o cuidado para que todo o processo seja permeado pela transparência, flexibilidade e ética;

VI. Aperfeiçoar a visão crítica quanto aos aspectos teóricos, metodológicos e práticos da avaliação institucional;

VII. Criar procedimentos avaliativos apropriados ao contexto específico da Instituição;

VIII. Aprimorar a sensibilidade pessoal e profissional no exercício da avaliação;

IX. Buscar permanentemente a qualidade e a pertinência das atividades desenvolvidas, bem como o gerenciamento eficiente, ético e relevante dos recursos humanos e materiais, expressados em compromissos científicos e sociais;

X. Orientar a expansão da oferta dos cursos da IES;

XI. Buscar permanentemente a qualidade e a pertinência das atividades desenvolvidas, bem como o gerenciamento eficiente, ético e relevante dos recursos humanos e materiais, expressados em compromissos científicos e sociais;

XII. Aferir a contribuição, o impacto da IES com vistas ao desenvolvimento econômico e social da comunidade local e regional, que se beneficiará das atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão desenvolvidas na Faculdade.

A autoavaliação institucional na Faculdade Paulo Picanço abrange todos os segmentos e deve ser um processo cíclico, de reflexão e autoconsciência institucional.
O hábito de manter a cultura de autoanalisar-se, faz com que a Faculdade Paulo Picanço aprimore os mecanismos que possam contribuir ao processo de oferta de cursos qualificados e serviços educacionais.
O relatório final da avaliação interna expressa os resultados do diagnóstico realizado através da análise das dimensões e dos instrumentos de pesquisa aplicados junto à comunidade acadêmica.
O Relatório contém uma análise, tecnicamente crítica, com ilustrações de tabelas, gráficos e indicadores, que facilitem seu entendimento, além de apresentar sugestões para ações de natureza administrativa, política, pedagógica e técnico-científica a serem implementadas.
A auto avaliação do Mestrado em Clínica Odontológica irá ocorrer de acordo com o Planejamento Estratégico, metas e o PDI Institucional, será realizada por meio de questionários eletrônicos, a serem respondidos pelos alunos regularmente matriculados e egressos do curso. Também, será realizada uma avaliação qualitativa por meio de reuniões com os setores envolvidos, laboratórios, Núcleo de Inovação Tecnológica, editora, biblioteca e técnicos.

Regulamento CPA

Programa de Acompanhamento Egresso

Nossos projetos e pesquisas em desenvolvem produtos que geram grande impacto social. Em uma das linhas de pesquisas estamos em parceria com a empresa MMTech (Smart Dent) na para o lançamentos de adesivos e resinas bioativos com grande potencial para melhorar os tratamentos odontológicos. Foram depositadas diversas patentes com potencial para transferência de tecnologia e melhoria da clinica odontológica nas áreas de Dentistica, Prótese, Odontopediatria, Endodontia Implantodontia.

Vídeos do Youtube

Dentcast 

Endocast 

  • Curso em uma faculdade exclusiva de Odontologia;
  • Laboratórios exclusivos para pesquisas na área odontológica;
  • Clínicas em funcionamento para pesquisas envolvendo pacientes;
  • Professores de diversas áreas de interesse para pesquisas;
  • Comitê de Ética eficaz na instituição;
  • Equipamentos para Pesquisa clinicas : Aquacut, EASYSHADE, Scanner Intraoral ,CAD – CAM e Impressora 3D.;
  • Equipamentos para Pesquisa clinicas Laboratoriais: EMIC-INSTRON, duas cortadeiras metalógraficas , UV- Vis, Tomógrafo e Centrifuga de PRF .

 As políticas de internacionalização visam estabelecer uma relação com a comunidade, por meio da aplicabilidade de conhecimentos científicos produzidos na academia e, em contrapartida, possibilita uma parceria em prol de seu desenvolvimento.
A internacionalização é um processo de conhecimentos científicos produzidos na academia brasileira e na comunidade acadêmica internacional. Esse processo permite que estudos e pesquisas sejam planejadas, executadas e compartilhadas em escala global, conferindo uma sinergia científico-pedagógica ímpar e que oportunize o contato com polos universitários mundiais.
A Internacionalização da FACPP é um mecanismo que permeia e abrange todos os Cursos de Graduação e Pós-graduação. Assim, a FACPP valoriza a internacionalidade como pilar fundamental, e isto fica retratado nas políticas integrantes do seu Plano de Desenvolvimento Institucional:
• Divulgar oportunidades internacionais para a comunidade acadêmica;
• Oportunizar experiências educacionais e científicas internacionais;
• Permitir interdisciplinaridade, entre contextos universitários estrangeiros;
• Proporcionar troca de experiências culturais;
• Oportunizar a aquisição de idioma estrangeiro;
• Fortalecer a estrutura de atração, acolhimento e acompanhamento de estudantes e professores estrangeiros na IES;
• Fortalecer as conexões da IES com instituições internacionais, de modo a viabilizar o acolhimento e o acompanhamento da comunidade acadêmica em vivências internacionais;
• Estimular experiências internacionais de alto impacto para o desenvolvimento acadêmico e profissional da comunidade interna da IES;
• Apoiar iniciativas de compartilhamento de eventos internacionais, oportunizando a participação da comunidade local;
• Fomentar a capacitação técnica e metodológica do corpo docente através de experiências de internacionalização, com e sem mobilidade.
A FACPP possui acordos de cooperação e intercâmbio e atua em colaboração com instituições nacionais e internacionais a fim de promover atividade de ensino, pesquisa e extensão, promovendo o avanço da ciência e da formação dos recursos humanos na área de Odontologia.
Fundamentalmente, as ações de cooperação institucional e intercâmbio viabilizaram-se a partir dos seguintes formatos: participação sistemática de professores pesquisadores em projetos de pesquisa de instituições parceiras nacionais e internacionais, que resulta em produção científica mais qualificada e de maior impacto do corpo docente; participação em eventos científicos relevantes; participação como avaliadores de periódicos indexados e com alto fator de impacto e; através de cooperação interinstitucional para participação nos Programas de Pós-Graduação Lato Sensu.
Atualmente, a instituição oferta cursos de Pós-Graduação nas áreas de Ortodontia, Endodontia, Prótese Dentária, Implantodontia, Dentística e Cirurgia Bucomaxilofacial, o que possibilita aos docentes permanentes desenvolverem atividades nesses cursos e receberem docentes de outras instituições, o que fomenta a parceria e a cooperação acadêmica. Isso propicia, além da experiência em ensino em outros níveis que não somente a graduação, a realização de atividades nas Linhas de Pesquisa em que atuam, a experiência em orientação de trabalhos de conclusão de pós-graduação, atividades essas que já geraram algumas publicações nacionais e internacionais. Este processo de interlocução com centros nacionais e internacionais ocorre também pelos docentes permanentes que, em grande parte, são oriundos de Programas de Pós-Graduação bem-conceituados, e parte deles com formação acadêmica a nível de Pós-Doutorado.
A FACPP, como previamente mencionado, tem uma parceria denominada Pós-graduação Sem Fronteiras com a Tweed Foundation (Tucson, Arizona, EUA), desde 2011. Esta parceria visa facilitar que os discentes e egressos dos cursos Lato Sensu possam ter um intercâmbio junto a uma instituição que oferece cursos de alto nível e de técnica reconhecida mundialmente na área de Ortodontia.

Em destaque o convênio com as Universidades de Évora em Portugal e San Francisco de Quito no Equador. A FACPP dispõe de parcerias internacionais com Universidade de Manchester, Okayama University Hospital, Universidad Ceu-Cardenal Herrera, Oregon Health and Science University e King’s College London Dental Institute.

Regulamento Internacionalização

A Faculdade Paulo Picanço, por meio do Mestrado Profissional em Clínica Odontológica, possui atuação destacada, desde sua criação, no quesito de acordos e parcerias para o desenvolvimento do Programa, destacam-se: 

Parcerias: 

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
UNIVERSIDADE DE MANCHESTER
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA)
OKAYAMA UNIVERSITY HOSPITAL
BIOMAT – BIOMATERIALS RESEARCH GROUP
UNIVERSIDAD CEU-CARDENAL HERRERA
OREGON HEALTH AND SCIENCE UNIVERSITY
KING’S COLLEGE LONDON DENTAL INSTITUTE
ARAUJO LOPES E CIA LTDA – ME
YLLER BIOMATERIAIS AS
ODEME EQUIPAMENTOS MÉDICOS E ODONTOLÓGICOS LTDA
DENTOFLEX
TRIDENTAL COMERCIO DE PRODUTOS ODONTOLÓGICOS LTDA- EPP

Convênios:
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ
UNIVERSIDADE DE ÉVORA EM PORTUGAL
UNIVERSIDADE SAN FRANCISCO DE QUITO NO EQUADOR
POINT SUTURE DO BRASIL INDÚSTRIA DE FIOS CIRÚRGICOS LTDA SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ
SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE – SMS (MUNICÍPIO DE FORTALEZA)
SECRETARIA MUNICIPAL DE CAUCAIA-CEARÁ
IPREDE (INSTITUTO PRIMEIRA INFÂNCIA)

Quer saber mais?